Institucional

A Escola Martinho Lutero foi fundada pelo professor Arno Borkert, em abril de 1996, com 26 alunos em uma sala de aula, dando início ao trabalho que se tornaria mais à frente as Escolas Comunitárias Canoas. Uma das alunas do Martinho Lutero era a professora Etna Bierhals Borkert, que alguns anos após casou-se com o professor Arno. Etna assumiu a direção da escola, em 1972, e esteve à frente da escola até o ano de 2000.


A atual diretora da escola e professora Cátia Beck, que coordena as  escolas da rede - Martinho Lutero, Santa Cruz e São Mateus - e atua como diretora pedagógica nesta instituição, mantendo a missão de que o processo de ensino-aprendizagem requer um olhar cuidadoso, fundado no amor, no profissionalismo, na competência e também na convicção de que todos aprendem mesmo que de forma diferente e ao seu tempo. Assim preparamos nossas crianças para a vida, mostrando a cada um que passa por nós, a palavra de Deus.


Em 1982, devido ao aumento crescente da população no bairro e a falta de escolas, o casal Borkert invadiu algumas áreas, onde foi construída a Escola Santa Cruz. Onde a Escola é hoje dirigida por Larissa Sperb. Em 1983, foi fundada a Escola São Mateus. Seu atual diretor é o professor Waltair Jacobsen, o qual já dirige a escola por duas décadas.

Hoje, as Escolas Comunitárias Canoas atendem mais de dois mil alunos nas suas três escolas - Escola Martinho Lutero (1.050 alunos), Escola Santa Cruz (500 alunos) e Escola São Mateus (800 alunos).
 

 

banner escolas r1 c5 s1

banner escolas r1 c1 s1

banner escolas r1 c3 s1